terça-feira, 12 de julho de 2011

Por que fotografar?

Gostaria de compartilhar com o leitor a experiência que estou tendo com a fotografia. Essa experiência é muito semelhante a que sinto quando toco piano, canto ou escrevo. Acho que encontrei mais uma forma de dar vazão às coisas que penso e sinto em relação ao meu cotidiano.

Cada pessoa parece ser mais sensível a determinado veículo de comunicação. Uns são mais tocados pela música, outros pelas palavras e outros pelas imagens. Depende também do momento. Às vezes preferimos ler um texto a escutar música. Outras vezes preferimos o contrário, relaxar ou mesmo dançar embalados por uma boa música. O importante é que tanto a música, quanto o texto ou a imagem cumpram o objetivo proposto transmitindo uma mensagem ou despertando algo em outrem.

Assim como a escrita textual ou musical, a fotografia também é uma forma de escrita. Como o próprio nome diz, foto-grafar significa escrever com a luz. Ou seja, usar a luz como meio de formação da imagem. Apesar de muitos acharem que fotografar é simplesmente apertar um botão, a realidade está bem longe disso. Tal como a música e a escrita, a fotografia exige o domínio da técnica e uma certa dose de aptidão e sensibilidade. O estudo da fotografia envolve conhecimentos de fenômenos ópticos, naturais, artísticos e tecnológicos, fazendo com que o fotógrafo tenha que estudar constantemente para se manter atualizado.

Além disso, todo fotógrafo deve estar preparado para captar o momento correto, o instante que ocorre uma única vez e que se perde para sempre no continuum temporal. Uma simples feição facial, uma proeza esportiva ou uma ação animal são matéria-prima para os fotógrafos e devem ser capturadas com precisão técnica e artística para constituirem uma boa fotografia. Ou seja, uma imagem que fale por si mesma dispensando qualquer tipo de descrição ou comentário.

O fato de conseguir congelar o tempo e de extrair dele um cena única dá à fotografia uma característica peculiar, tornando-a tão impactante. Uma boa fotografia lança algo no ar que nos instiga a pensar e refletir.

Os fotógrafos profissionais tem técnicas específicas para cada tipo de fotografia. Se compararmos uma foto de um casal trocando alianças no altar com a de uma modelo de roupas ou jóias podemos perceber claramente que na primeira há uma carga emotiva muito grande. Quase não percebemos os detalhes que vão além das expressões faciais. O que importa é transmitir toda a emoção vivida naquele momento. Já na segunda, a foto de modelo, o enfoque é no produto. Não olhamos para essa foto e ficamos instigados a pensar sobre os sentimentos e emoções da modelo. Isso fica em segundo plano. Não somos chamados a refletir sobre suas emoções. É algo totalmente diferente.

É muito bom conseguir captar isso tudo e transmitir aos outros. Conhecer a técnica e usá-la para conseguir aquilo que queremos. Seja na música, na escrita ou na fotografia, vamos em frente, tentando mostrar aquilo que sentimos.


Fico aqui.
A divindade que há em mim reverencia a divindade que há em você.
Namastê

4 comentários:

Francisco Delgaudio disse...

Roma,

Em primeiro lugar, continue enviando todos os seus trabalhos. Tenho muito gosto pela suas produções.
Simplesmente, gostaria de ilustrar mais ao texto "por que fotografar?" com uma frase dita por um fotógrafo romeno amigo meu, chamado Romano, em época que fotografar era muito caro e ainda somente em preto e branco. (colorido - jamais).
Disse: "Antes de qualquer técnica adquirida e praticada, o mais importante na vida de um fotógrafo é que ele sempre consiga enxergar com o "olho" da máquina fotográfica".
Grande verdade.
Abraços, Chico.

Karl Junior disse...

É isso mesmo Chico. Não importa se seu colega é da época do p&b, o que ele disse é verdade ainda hoje. Principalmente porque o acesso à tecnologia e aos gadgets nos levam a ilusão de que tudo é rápido e fácil. Há um reducionismo generalizado. E mais, aproximar o olhar da câmera ao nosso é uma tarefa dificílima e primordial. Grande abraço e obrigado pelo comentário.

Carla lopes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carla lopes disse...

Congelar o tempo...registrar e refletir um momento que se perderá para sempre...
Já me emocionei com muitas fotos por vê-las desta forma!
Conseguir enxergar, ali, um momento único e que nunca mais irá voltar!
Isso nos emociona...nos deixa triste por saber que,aquele momento passou mas também nos alegra por tê-lo registrado.
Continue mandando esses momentos e textos!Obrigada!